foto: ALPHA ONE MEDIA / CHRISTOPHER REEVES

Foi feita  história na Andaluzia,  através de Francesco Bagnaia (Ducati Lenovo Team) que fez a melhor  volta de todos os tempos de 1:36.170, um incrível quase meio segundo à frente do Campeão do mundo Fabio Quartararo(Monster Energy Yamaha MotoGP™). O italiano negou ao francês a sua quinta pole position consecutiva na Andaluzia, com Aleix Espargaró (Aprilia Racing) a atacar nos instantes finais e a conquistar a P3 e mais uma primeira linha.

A segunda linha é ocupada por  Marquez, Miller e Johann Zarco (Pramac Racing) na linha 2 logo atrás dele.

Na terceira linha da grelha encontram-se  Takaaki Nakagami (LCR Honda Idemitsu), à frente do impressionante rookie Marco Bezzecchi (Mooney VR46 Racing), com o último lugar na terceira fila a ser ocupado por Joan Mir (Team Suzuki Ecstar) que uma queda no Q2 lhe saiu caro, o mesmo acontecendo com Jorge Martin (Pramac Racing)a  completar os dez primeiros.

O mesmo aconteceu a Enea Bastianini( Gresini Racing MotoGP) que também sofreu uma queda na última volta e o obrigou a contentar-se com o 11º da grelha, à frente de Maverick Viñales (Aprilia Racing) na P12.

A KTM também teve um dia para esquecer com suas estrelas de fábrica Brad Binder (Red Bull KTM Factory Racing) e Miguel Oliveira (Red Bull KTM Factory Racing) a conseguirem a P15 e a P21.

Francesco Bagnaia (Ducati Lenovo Team): “Acho que é a minha melhor volta de sempre, porque saiu tudo foi perfeito, tentei puxar e não cometi nenhum erro. Normalmente, quando se puxa assim, é muito fácil ir sair largo das trajetórias nas curvas, mas hoje tudo foi perfeito, tive a sorte de correr em Portimão porque me estava a sentir muito bem de novo com a moto, as boas sensações  voltaram nas travagens e começamos bem este fim de semana. Em cada sessão melhorava sempre um pouco, e hoje na FP4, minha sensação foi muito boa.”

Grelha de Partida MotoGP™ ;    Grelha de Partida Moto2™Grelha de Partida Moto3™

Nas motos elétricas, o vencedor da primeira e emocionante corrida foi o brasileiro Eric Granado (LCR E-Team) com os restantes lugares do pódio a serem ocupados respetivamente pelo suíço  Dominique Aegerter (Dynavolt Intact GP MotoE) e pelo italiano Matteo Ferrari (Felo Gresini MotoE).

Corrida 1 MotoE™

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui