foto: ALPHA ONE MEDIA / CHRISTOPHER REEVE

Marc Marquez (Repsol Honda Team) completou uma década de domínio em Sachsenring depois de conquistar mais uma vitória com  4,5 segundos no HJC Helmets Motorrad Grande Prémio de Futebol de 2019.  O líder do campeonato conseguiu o feito de 10 vitórias consecutivas na Alemanha depois de Maverick Viñales (Monster Energy Yamaha MotoGP) e Cal Crutchlow (LCR Honda Castrol).

Marquez arrancou por fora e parecia que iria ser engolido na curva 1, mas travou muito tarde e conseguiu segurar a liderança corrida. Fabio Quartararo (Petronas Yamaha SRT) desceu de segundo da grelha de partida  para o sexto, com  Viñales, Jack Miller (Pramac Racing), Rins e Crutchlow a ultrapassarem o francês.

Na tentativa de recuperar lugares, o rookie comete um erro e cai na Curva 3, o mesmo aconteceu a Miguel Oliveira, mas o português tinha acabado de recuperar posições da grelha de partida e conseguiu voltar à corrida.

Na frente Marquez lidera e começa a aumentar o ritmo, bate recorde da pista 1: 21.228 na 5ª volta e apenas Viñales, Crutchlow e Rins com Miller em quinto, procuram acompanhar sem sucesso o Rei dos Aneis numa alusão ao nome do circuito Sachsen(ring).

O interesse da corrida, passava para a luta pelo segundo e terceiro degraus do pódio. Crutchlow atrás de Viñales, que por sua vez seguia Rins, permanecendo constante entre o trio até meio da corrida. Entretanto a batalha pelo quinto posto também estava a aquecer, com Andrea Dovizioso e Petrucci, da Ducati Team, a lutarem com  Miller, Joan Mir (Team Suzuki Ecstar),  Valentino Rossi (Monster Energy Yamaha MotoGP) e  Aleix Espargaró (Aprilia Racing Team Gresini).

 Rodando confortavelmente na  segunda posição Rins ficou com 0,9seg de avanço sobre Viñales e Crutchlow, o piloto da Suzuki comete mais um erro e na curva  Ralf Waldmann, Rins desiste por queda pela segunda vez consecutiva, desperdiçando  nestas duas ocasiões preciosos 40 pontos.
As últimas dez voltas foram apenas de o controle para Marquez e para a sua  vitória 10 Sachsenring, mas quem terminaria em segundo? Crutchlow seguia na roda traseira de Viñales e, a duas voltas do final, a dupla encontrava-se colada. Infelizmente , o número #35 teve um susto na curva 10. Um sinal de alerta para o piloto britânico de que o lado esquerdo do pneu não estava longe de atirar a toalha ao chão, o que fez com que o britânico  não arriscasse mais e assim desistiu  de lutar pela segunda posição. Marquez cruzou a linha conquistando a quinta vitória de 2019, sendo o sétimo ano consecutivo em que venceu cinco ou mais corridas numa época da classe rainha, mais um recorde em que ultrapassou Giacomo Agostini e o nove vezes campeão Dottore Rossi, com ambos conseguirem o feito em seis anos consecutivos.

Classificação da Corrida MotoGP™

Classificação Campeonato MotoGP™ 

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui