foto: ALPHA ONE MEDIA / CHRISTOPHER REEVES

Marc Márquez (Repsol Honda Team) fará a sua 150ª corrida de MotoGP™ este domingo, tendo-se qualificado na pole position pela primeira vez desde o GP japonês de 2019, há 1071 dias, sendo esta a 63ª partida em MotoGP™. Termina assim uma ausência de 25 corridas no MotoGP™.

Em todas as classes, é a sua 91º pole position em 228 Grandes Prémios desde o início da sua carreira em Grande Prémio (39,9%).  Marc Marquez tornou-se o nono piloto diferente esta temporada, a conseguir a pole position, estabelecendo-se assim um novo recorde para o maior número de pilotos  diferentes na mesma temporada na classe rainha (desde que os registos de pole position  começaram a ser oficialmente registados em 1974).

Esta é a primeira pole em MotoGP™ da Honda desde Pol Espargaro no GP Britânico no ano passado (já passaram 21 corridas), terminando a mais longa sequência de corridas sucessivas da classe rainha sem pole para o fabricante japonês desde que regressaram à classe rainha em 1982.

Johann Zarco (Prima Pramac Racing) por sua vez, vai começar a sua 100ª corrida em MotoGP™ este domingo, qualificando-se na P2 para a sua quinta partida na primeira fila até ao momento nesta temporada. O seu objectivo será conseguir a sua primeira vitória MotoGP™.  Graças a Zarco, esta é a 36ª corrida consecutiva, onde há pelo menos uma Ducati dentro dos três primeiros da qualificação.

Brad Binder (Red Bull KTM Factory Racing)qualificou-se em terceiro lugar como o melhor piloto da KTM o seu melhor resultado de qualificação em MotoGP™, bem como o melhor resultado de qualificação para a KTM desde a pole de Miguel Oliveira  em Portugal no ano 2020.

Maverick Viñales (Aprilia Racing)qualificou-se na  P4 o seu segundo melhor resultado de qualificação até agora esta temporada, a seguir ao GP Britânico, onde se qualificou e terminou na segunda posição. O seu objectivo será alcançar a sua primeira vitória com a Aprilia.

Jorge Martin (Prima Pramac Racing) veio da Q1 e qualificou-se em quinto o seu melhor resultado de qualificação desde que foi quarto na Áustria. O seu objectivo será subir ao pódio pela primeira vez desde que foi segundo na Catalunha esta temporada.

Aleix Espargaró (Aprilia Racing) qualificou-se em sexto, o que é a 11ª vez  esta temporada em que se classifica dentro das duas primeiras filas. O seu objectivo será levar a sua segunda vitória MotoGP™ juntamente com a Argentina este ano.

Jack Miller (Ducati Lenovo Team)qualificou-se na P7, é a quinta vez este ano que falha as duas filas da frente.

Miguel Oliveira (Red Bull KTM Factory Racing) classificou-se em oitavo, igualando o seu segundo melhor resultado de qualificação deste ano no TT holandês, tendo terminado a corrida em nono. A Indonésia foi o seu melhor, onde se classificou em sétimo lugar e venceu a corrida.

Fabio Quartararo (Monster Energy Yamaha MotoGP™) qualificou-se na P9, senda a  terceira vez este ano em que não se qualifica nas duas linhas da frente. Isto também marca a primeira vez que falha a primeira linha em cinco corridas consecutivas em MotoGP™.O seu objectivo voltar a ganhar outra vez desde o GP da Alemanha deste ano.

Pol Espargaro (Repsol Honda Team) também se prepara para a sua 150ª corrida em MotoGP™ no domingo, qualificou-se na P11, a sua melhor qualificação desde que foi 10º no GP da Catalunha. O seu primeiro pódio desde que foi terceiro no Qatar será o seu objectivo.

Francesco Bagnaia (Ducati Lenovo Team) qualificou-se na P12, é a quarta vez este ano que não se qualifica nas duas primeiras linha da grelha. O seu objectivo será subir ao pódio pela sexta vez consecutiva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui