O Veterano Valentino Rossi volta a vencer em Assen e acaba com o jejum de mais de um ano…

Com 38 anos de idade, o veterano Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP) volta a vencer e acaba com o jejum de mais de um ano, ao conquistar a sua primeira vitória no Campeonato de MotoGP  2017, impondo-se ao seu compatriota Danilo Petrucci (OCTO Pramac Racing).

Marc Marquez (Repsol Honda Team), terminou no ultimo lugar do pódio, vencendo a luta com Cal Crutchlow (LCR Honda) e com o italiano Andrea  Doviziozo (Ducati Team), respetivamente.

Johann Zarco (Monster Yamaha Tech 3) partindo da pole-position  manteve a vantagem na partida enquanto Marquez segurou a segunda posição, Valentino  Rossi passou Petrucci que passou para quarto.

Este quarteto líder distanciou- se do resto do pelotão, até que  o Doctore Rossi a meio da corrida, jogou as suas cartas e ultrapassou o campeão do mundo Marc Marquez e o françês rocky do campeonato Johann Zarco de uma acentada.

Johann Zarco (Monster Yamaha Tech 3)  ainda tentou responder, mas na curva quatro, ao tentar ultrapassar Valentino Rossi acertou-lhe com a roda da frente e acabou por perder muitas posições. Optou então por trocar para pneus de chuva, decisão errada, pois a chuva não foi suficiente forte para justificar a troca de pneus intermédios.

Entretanto na frente da corrida, Danilo Petrucci (OCTO Pramac Racing), surgiu atrás de Rossi e ultrapassou-o,  trocando ambos várias vezes de posição, enquanto Marc Marquez (Repsol Honda Team) se mantinha  atrás de Andrea  Doviziozo (Ducati Team), com  Cal Crutchlow (LCR Honda)  um especialista em piso molhado se aproximava perigosamente do grupo da frente.

Na última volta Danilo Petrucci (OCTO Pramac Racing), ultrapassou  Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP), mas o piloto da Yamaha que utilizava um novo chassi na Holanda, regressou à liderança poucas curvas depois, para não mais a perder, aumentando inclusivé a sua vantagem  aquando da  ultrapassagem a um piloto atrasado, situação que deixou Petrucci irritadissimo pois a sua Ducati era superior na parte final do circuito, devido à longa reta que antecede a bandeirada de xadrez. Terminou a prova ainda assim, a  apenas seis centésimos de segundo do docttore.

Cal Crutchlow (LCR Honda)  passou Marquez (Repsol Honda Team)  e Andrea Dovizioso (Ducati Team) na penúltima volta, mas o atual campeão conseguiu recuperar a terceira posição na última volta.

Johann Zarco (Monster Yamaha Tech 3)  conseguiu completar a prova no decimo quarto lugar, tendo sido punido por ter excedido o limite de velocidade nos boxes. Jorge Lorenzo (Ducati Team), acabou a corrida num modesto decimo quinto lugar.

Andrea Dovizioso (Ducati Team), apesar de se ter classificado em quinto lugar, beneficiou da queda de Maverick Viñales (Movistar Yamaha MotoGP), na oitava volta, ascendendo à liderança do campeonato, ficando agora com 115 pontos, mais quatro do que o espanhol, Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP) subiu para a terceira posição com 108 pontos, e Marc Marquez (Repsol Honda Team) ocupa agora a quarta posição com 104 pontos.

A próxima etapa da temporada 2017 do MotoGP será disputada em Sachsenring Alemanha, no dia 2 de julho.

Classificação final do GP da Holanda de MotoGP:

1) Valentino Rossi (Yamaha)
2) Danilo Petrucci (Ducati)
3) Marc Márquez (Honda)
4) Cal Crutchlow (Honda)
5) Andrea Dovizioso (Ducati)
6) Jack Miller (Honda)
7) Karel Abraham (Ducati)
8) Loris Baz (Ducati)

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.