Marc Márquez deu continuidade ao seu domínio no Red Bul Grande Prémio de Indianápolis  ao conseguir a sua quarta  espectacular pole position . O líder do Campeonato bateu o anterior recorde da pista em mais de oito décimos de segundo. O piloto da Repsol Honda Team vai partilhar a primeira linha da grelha com os rivais mais próximos, Jorge Lorenzo e Dani Pedrosa.

Marc Márquez  foi o vencedor nos dois últimos anos na classe de  Moto2™  no Brickyard , nome pelo qual também é conhecido o circuito de Indy devido a inicialmente a pista ter sido construída em tijolo,   colocou os seus rivais em sentido  e assinou novo recorde na qualificação com uma marca de 1m37,958s. O espanhol bateu os experientes rivais em mais de meio segundo e aniquilou o recorde da pole de Pedrosa de 2012 de 1m38,813s.

“Senti-me sempre bem nesta pista em todas as outras categorias e, no MotoGP, desde FP1 que me senti bem na pista e com a moto,” disse Márquez depois da Q2. “Na qualificação sabia o pneu daria aderência muito boa para uma volta.”
O jovem de 20 anos não assume nada como garantido e acrescentou: “Amanhã vai ser duro porque vão todos lutar com problemas de aderência no final da corrida. Estamos prontos para lutar pela vitória, mas o Jorge (Lorenzo) e o Dani vão estar fortes, pelo que temos de gerir a situação.”
Jorge Lorenzo,  campeão em título qualificou-se à frente de Dani Pedrosa, mas ficou a meio segundo de Marc Márquez – o estreante da categoria rainha está em grande forma.

“Estou surpreso porque os tipos da Honda estão mesmo fortes, não apenas o Marc, mas também o Dani e o Stefan (Bradl), pelo que vai ser mesmo complicado batê-los,” comentou Lorenzo desapontado por ter perdido a pole. “Tentei uma volta perfeita; a primeira foi boa, na segunda cometi erros.”
“Estou contente porque há muito tempo que não tinha um bom resultado, pelo que tenho de agradecer à equipa e ver o que acontece amanhã. Espero uma corrida dura.”
Dani Pedrosa concordou com as dificuldades que estão pela frente depois de se ter qualificado em terceiro.
“Penso que amanhã vai ser uma corrida muito complicada,” começou o vencedor das provas de 2010 e 2012. “É uma pista onde nos movemos muito na moto, pelo que a aptidão física é muito importante. Sinto.me melhor, mas ainda não estou a 100%, mas estou contente depois dos treinos. Esperamos melhorar um pouco mais e ter uma boa moto para amanhã. Espero fazer boa partida e boa corrida.”
Valentino Rossi lutou para garantir o nono lugar da grelha.
“Estou desapontado porque nos treinos não estivemos muito bem, mas estivemos melhor que esta tarde,” disse o vencedor da corrida de 2008. “Infelizmente, nos 15 minutos da qualificação os outros conseguiram melhorar muito –  em particular na travagem e entrada em curva. O Jorge fez um grande trabalho.”
“Tentei, mas quando coloquei o pneu macio tive mais problemas com a frente e não consegui puxar muito. Consegui melhorar um pouco o meu tempo com o pneu usado quando já tinha feito 15 voltas. De todas as formas, vamos tentar melhorar. O meu ritmo não é nada de especial, mas é melhor que nono, pelo que tenho de tentar recuperar amanhã e fazer boa corrida.”
COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.