O  primeiro dia de treinos da categoria rainha em Sachsenring, terminou com o herói da casa Stefan Bradl a assinar o melhor tempo para a LCR Honda MotoGP. Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, sofreu mais um aparatoso acidente, caindo directamente sobre o ombro que já tinha lesionado num dia onde foram várias as quedas a afectar a acção.

O piloto da Yamaha Factory Racing perdeu o controlo na Curva 10,  ao cabo de apenas dez minutos da sessão vespertina, sendo cuspido da moto e caindo com força sobre o ombro esquerdo. O Lorenzo  foi levado para a Clínica Móvel, onde os primeiros exames indicaram que os oito parafusos colocados no ombro estão intactos, mas que a placa de titânio foi danificada com o impacto no asfalto.

Apenas 15 dias depois de ter fracturado a clavícula em Assen,  Lorenzo sofreu mais um forte acidente em Sachsenring. Os danos sofridos na placa de titânio que foi colocada no ombro esquerdo do Campeão do Mundo fazem com que tenha de ser operado outra vez.

No comunicado de imprensa da equipa diz Lorenzo “Decidi voltar a casa para recuperar depois do acidente de hoje em Sachsenring. Prefiro concentrar-me na operação para reparar a placa que, infelizmente, foi danificada na queda. Vou tentar recuperar para voltar o mais depressa possível.”

O Director Desportivo Massimo Meregalli  afirmou “De certeza que ele não vai voltar a rodar aqui, deve ser operado amanhã de manhã e depois vai informar-nos, talvez no domingo de manhã, se vai estar de volta em Laguna Seca – porque de momento não é provável que esteja.”

Também Cal Crutchlow caiu nas duas seções de treinos esta sexta-feira

Três minutos e meio após o reatar da acção, Cal Crutchlow, da Monster Yamaha Tech 3, sofreu a sua segunda queda do dia – ambas na rápida Curva 11.  Foi também analisado no Centro Médico, onde foi tratado às suspeitas de lesões no braço esquerdo e, apesar de não ter fracturado  ossos, contraiu duas pequenas feridas enquanto rebolava pela gravilha,

 “É claro que hoje foi um dia muito difícil para o Cal, mas felizmente, depois de duas grandes quedas, ele não sofreu lesões graves,” confirmou Hervé Poncharal, Director Desportivo da Monster Yamaha Tech 3. “Não tem fracturas, mas na segunda queda, quando escorregou ao longo da pista, ficou com várias pedras da gravilha presas no interior da luva direita. Foram retiradas pela equipa médica na Clínica Móvel, onde lhe limparam as feridas.”
“O ante-braço do Cal também sofreu queimaduras de fricção e, não sendo nada de sério, é muito doloroso e desconfortável. Ele agora vai descansar, mas temos a certeza que vai estar bem para rodar amanhã. O Cal tem muita força mental e é um verdadeiro lutador, pelo que não temos dúvidas que vai recuperar bem de hoje e apresentar forte prestação durante o resto do fim-de-semana.”
A Curva 11 revelou-se também traiçoeira para os homens da Ducati Team,  com Dovizioso a sofrer uma aparatosa queda  ao cabo de menos de dez minutos de treino,  e o seu companheiro de equipa Nicky Hayden a sair de pista no mesmo local pouco depois. Já Andrea Iannone, da Energy T.I. Pramac Racing, viu a sua mota destruida aos pedaços na sequência de mais um aparatoso acidente.

Resultados  6ª feira  

Moto 3 FP2http://resources.motogp.com/files/results/2013/GER/Moto3/FP2/Classification.pdf?v1_2196151b

Moto 2 FP2http://resources.motogp.com/files/results/2013/GER/Moto2/FP2/Classification.pdf?v1_83199d0f

MOTOGP FP2http://resources.motogp.com/files/results/2013/GER/MotoGP/FP2/Classification.pdf?v1_6d566e86

Sábado Treinos :

Moto3 QP 11:35 – 12:15 h

MotoGPFP4 12:30 – 13:00  MotoGPQ1  13:10 – 13:25  MotoGPQ2  13:35 – 13:50  Moto2QP 14:05 – 14:50 h

Moto2QP  14:05 – 14:50 h

Domingo Corridas :

Moto3 10:00 h  Moto2  11:20  h MotoGP  13:00 h

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.