Foi num ambiente ao rubro que o Circuito Internacional de Sepang recebeu a 17ª jornada do  Campeonato do Mundo de MotoGP™ e viu Dani Pedrosa (Repsol Honda Team) assinar a segunda vitória do ano à frente de Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP) e do italiano Valentino Rossi.

Bradley Smith (Monster Yamaha Tech 3), Cal Crutchlow (LCR Honda) e Danilo Petrucci (Octo Pramac Racing) foram os nomes que se seguiram, com Aleix Espargaró (Team Suzuki Ecstar MotoGP), o colega de equipa Maverick Viñales, Pol Espargaró (Monster Yamaha Tech 3) e Stefan Bradl (Aprilia Racing Team Gresini) a completarem o Top 10.pedrosa 3

Aquando da Partida, Pedrosa assumiu o comando do grupo, seguido por Márquez, Rossi, os pilotos da Ducati Team Andrea Dovizioso e Andrea Iannone, e Lorenzo. Mas Lorenzo não tardou a superar os homens da marca italiana para chegar a quarto e colar-se à roda de Rossi.

Entretanto, Pedrosa imprimia forte rápido desde o início, enquanto Lorenzo passava Rossi para rodar em terceiro. Já Iannone ficava fora por problema técnico, na mesma altura em que Lorenzo assinava a melhor volta.

Com as primeiras posições bem definidas para Pedrosa e Lorenzo, a luta que roubava as atenções era entre Márquez e Rossi pela terceira posição. Ambos trocaram de posições algumas vezes com rossi2a tensão a crescer ao máximo, com ultrapassagens impossíveis, toques e gestos do italiano para o espanhol.

Uma volta depois Rossi tocou em Márquez, que acabou por cair. A Direcção de Corrida anunciou desde logo a investigação do incidente após a prova.

Enquanto tudo isto acontecia, Pedrosa mantinha-se na primeira posição com Lorenzo a apenas um segundo. Rossi dava então por si sozinho em terceiro, a seis segundos de Lorenzo, e com Smith, Crutchlow e Petrucci a ocuparem as sexta à oitava posições.

Sem mais alterações na frente, Pedrosa logrou vitória tranquila à frente dos únicos dois pilotos que podem ainda conquistar o título, com Lorenzo a reduzir o atraso para Rossi para sete pontos antes da última corrida da época.

Na geral Rossi continua a liderar, com 312 pontos, seguido de Lorenzo com 305 e Márquez com 222.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.