foto: ALPHA ONE MEDIA / CHRISTOPHER REEVE

A primeira conferência de imprensa pré-evento de 2019 teve início em Doha, esta quinta-feira no Grande Prémio VisitQatar onde estiveram presentes o Campeão do Mundo Marc Marquez (Repsol Honda Team), Andrea Dovizioso (Missão Winnow Ducati), Valentino Rossi (Monster Energy Yamaha MotoGP), Jorge Lorenzo (Repsol Honda Team), Maverick Viñales (Monster Energy Yamaha MotoGP), Alex Rins (Team Suzuki Ecstar) e o rookie Fabio Quartararo (Petronas Yamaha SIC).

Com todos os pilotos ansiosos e animados por finalmente começar a temporada este fim de semana, com um denominador comum…  A competitividade da grelha de 2019.  Marquez foi o primeiro a falar e revendo a pré-temporada, o sete vezes campeão acha que todos os fabricantes deram um passo em frente. Marc Marquez (Repsol Honda Team): “Desde 2017, que observo todos os pilotos. Vejo todos os meus adversários da mesma forma porque, por exemplo, em 2017, estivemos aqui e muitas pessoas não falaram no Dovizioso e ele foi o homem a bater. Nesta pré-época foi interessante ver como a Yamaha melhorou, a Ducati melhorou, a Suzuki melhorou com o Rins … vamos ver como começamos esta época. Claro que seremos muito rápidos porque testamos aqui, mas a temporada é composta de 19 corridas e devemos estar  focados  no nosso trabalho, em nós mesmos e em tentar fazer o que sabemos. Veremos no final da temporada o que sucede. ” Questionado sobre se a Yamaha se encontra em melhor forma do que em 2018 “ The Doctor”. 

Valentino Rossi (Monster Energy Yamaha MotoGP):  “É difícil dizer porque, nos últimos anos, fiz bons resultados. Além de uma vitória, estive no pódio muitas vezes, vamos tentar. Mas se tiver que dizer agora, talvez tenhamos sete ou oito pilotos preparados para o pódio. Não sei se estaremos mais fortes aqui do que no ano passado, porque forma foi uma boa corrida. Vamos ver, temos que tentar e também entender as condições, como a pista e o vento, vamos ver. ”

Maverick Viñales (Monster Energy Yamaha MotoGP):“ Com certeza nossos rivais estão fortes agora, mas estamos a diminuir a diferença pouco a pouco”, sugerindo que a Yamaha pode estar na luta pela vitória no dia da corrida. Se os tempos do teste da pré-temporada forem suficientes, o espanhol não está errado.

Para Andrea Dovizioso (Missão Winnow Ducati): “ Todos vão ser fortes aqui” e  cumprimentou Rins pelo trabalho desenvolvido  na Suzuki  durante o inverno depois do ótimo final de temporada 2018.

Alex Rins (Team Suzuki Ecstar): “Esta pré-época estive tentando ser forte. Procurei  melhorar um pouco a nossa porque a configuração do ano passado foi muito boa. Conseguimos melhora um pouco na área da travagem e  um pouco na área da velocidade máxima, isto significa que a Suzuki trabalhou muito durante o inverno. ”

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.