O quarto mais profundo do mundo que fica a 155 metros do solo!

Fica numa velha mina na Suécia este alojamento nas profundezas. Não proporciona viagem e estadia no centro da terra, à maneira de Júlio Verne. Não fica tão fundo, mas de qualquer modo é o quarto de hotel mais enterrado no subsolo do mundo. A Mina de Prata, próxima da cidade de Sala, foi explorada entre a Idade Média e o início do século XX. Tem 20 km de galerias, a mais funda das quais com 300 metros. Estima-se que no total tenham sido de lá extraídas- num trabalho totalmente manual- 400 toneladas de prata e 40 mil de chumbo.

Recentemente, foi lá criado um hotel, mas as instalações estão cá por cima, à superfície. Os proprietários não deixaram, no entanto, de aproveitar o que tinham debaixo dos pés, o labirinto de túneis pontuado por pequenos lagos, herança dos tempos da mineração.

ng3828234Os hóspedes são conduzidos ao alojamento por um guia, que os leva escadas abaixo até ao destino. Antes de se despedir, deixa um rádio, para serviço de quarto ou para o caso de alguma emergência. É que, aquela profundidade, os telemóveis não funcionam. A temperatura dentro no coração da mina não vai além dos 3 graus Celsius. Mas a gerência garante que há roupa que chegue para que os hóspedes não passem a noite a bater o dente. O quarto não é suite, a casa de banho mais próxima fica a 50 metros.

Uma dormida “à mineiro” custa 500 euros por casal.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.