O atleta português conquistou a medalha que lhe faltava no palmarés e já pensa nos campeonatos mundiais de atletismo.

O português Nelson Évora sagrou-se campeão do triplo salto nos Europeus de atletismo em pista coberta, ao conseguir uma marca de 17,21 metros à sexta tentativa. O atleta português, de 30 anos, antigo campeão do mundo e olímpico, não conquistava qualquer medalha em grandes competições desde 2009.

Ainda antes de festejar envolto no estandarte nacional, Évora deu um sentido abraço ao seu treinador de sempre, João Ganço.

Em declarações à RTP, Nélson Évora começou por assumir que o seu título de campeão europeu é um exemplo para todos aqueles que não acreditaram na sua recuperação, mas preferiu destacar o facto de ter conquistado o título.

“É algo de extraordinário a força que recebemos de quem nos ama, foram incansáveis a dar-me força para chegar aqui, foi um momento espetacular depois de tantos anos de lesão e um exemplo para aqueles que não acreditam”, começou por dizer Nélson Évora.

“Ganhei o título máximo desta competição, não tenho dores, vim sem pressão, vinha com o objetivo de fazer o meu melhor, foi uma competição um pouco difícil dadas as condições, mas consegui cumprir”, respondeu Nélson Évora sobre o seu atual momento de forma.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.