Desde o dia 3 de outubro, e poucas semanas após o término da feira do livro, os livros invadiram novamente o Palácio de Cristal, numa iniciativa do Calendário das Letras que ao longo de 21 anos cumpre o evento como uma tradição.

O pavilhão Rosa Mota foi transformado num verdadeiro mercado para dar vida a este certame, que pela primeira vez se realiza neste espaço. Os livros estão dispostos em diferentes bancas e dentro de caixas de fruta e cestos, todo o espaço tem objetos que fazem lembrar os tradicionais mercados da cidade. O evento continuará de portas abertas até ao dia 26 de outubro, e tem disponíveis mais de 500 mil exemplares, 30 mil títulos, que representam para lá de uma centena de editoras. Tal como aconteceu na feira de livros, também aqui os livros podem ser adquiridos com excelentes descontos.

A organização acredita que esta será uma boa data para a realização deste evento, pois pretende ir ao encontro das pessoas que começam já a fazer as suas compras de Natal, não acreditando na saturação do público que esteve presente na feira do livro.

Para além dos livros, o Palácio recebe ainda uma exposição de fotografia, de Sérgio Jaques, apelidada «Os Mercados do Porto». As fotografias retratam um pouco da história dos mercados da Foz, do Bom Sucesso, do Bolhão, do Peixe e do Ferreira Borges, reavivando memórias.

Até ao dia 26 deste mês poder-se-á visitar o Mercado do Livro, das 10 às 20 horas, num ambiente diferente da feira, mas igualmente atrativo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui