As autoridades municipais de Los Salias inauguraram a primeira Praça de Portugal na Venezuela, uma iniciativa que procura reconhecer o contributo da comunidade portuguesa para o desenvolvimento local.

“Isto será um centro de encontro, para que cada vez que celebremos o Dia de Portugal, nos concentremos sempre aqui, como um gesto de agradecimento a esse trabalho interminável dos portugueses na nossa comunidade”, disse o presidente da Câmara Municipal.

Ovidio Lozada falava aos jornalistas durante o ato de inauguração, que contou ainda com representantes das autoridades portuguesas na Venezuela.

A praça, explicou, está em Los Salias, a sul de Caracas, na cidade de Santo António de Los Altos, um ponto de passagem para ir até o vizinho município de Carrizal, onde a comunidade portuguesa está a construir um santuário a Nossa Senhora de Fátima.

“Esta bela praça, que está no coração da nossa cidade, entre dois municípios (Los Salias e Carrizal) é uma ante-sala ao que será o santuário de Nossa Senhora de Fátima”, frisou.

Por outro lado, sublinhou o seu orgulho ao fazer “este merecido e humilde reconhecimento” a uma comunidade que “permitiu avançar no desenvolvimento” da sua comunidade.

“Falar de Santo António de Los Altos é falar também da comunidade lusitana nos Altos Mirandinos em geral”, indicou.

Explicou ainda que foi erigido um busto do escritor Luís de Camões da autoria do escultor venezuelano Nelson Puchi, uma cruz como símbolo religioso de Nossa Senhora de Fátima, e as bandeiras de Portugal, da Venezuela e do Município Los Salias.

Durante a inauguração, Ovidio Lozada pediu aos jornalistas que falem também das coisas boas que acontecem na Venezuela.

Em Los Altos Mirandinos residem, segundo dados não oficiais, quase 60.000 famílias portuguesas.

Lusa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui