nuno_cratoO ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, afirmou esta sexta-feira que o país precisa de mais jovens com formação profissional para dar resposta ao mercado de trabalho, no encontro do projeto-piloto do Ensino Vocacional, na Marinha Grande.

Nuno Crato salientou que o “país não precisa só de licenciados” e que é “importante que haja pessoas que tenham formações profissionais de outro tipo, como técnicos de informática, marceneiros ou auxiliares de enfermagem”.

O governante acrescentou que existem “tantas profissões que são necessárias neste mundo e para as quais não se encontra mão de obra”. Por outro lado, existem jovens “que querem emprego e não têm”, realçando estar preocupado com o desemprego jovem.

“É uma calamidade completamente absurda, quando encontramos empresas que dizem que precisam de trabalhadores especializados e que não os encontram e, ao mesmo tempo, temos jovens que não conseguem encontrar emprego. É nossa responsabilidade conjunta, de professores, ministério e empresas, fornecer vias que permitam aos jovens terem saídas profissionais”, acrescentou Nuno Crato.

PAULO CUNHA/LUSA
COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui