Minis_EducaO ministro da Educação, Nuno Crato, disse hoje no parlamento que a redução de custos na educação poderá passar pelo envolvimento das empresas no pagamento de estágios no ensino vocacional e profissional.

“Estamos a discutir neste momento como podemos repartir este tipo de custos”, afirmou o ministro quando questionado pelos deputados sobre o financiamento da educação.

Nuno Crato reafirmou que não está em causa o direito à escolaridade obrigatória quando questionado de que forma poderão os portugueses comparticipar mais este setor.

O ministro classificou de “tempestade num copo de água” as leituras retiradas das palavras do primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, em entrevista este mês à TVI, quando admitiu haver margem para uma maior participação dos cidadãos no financiamento do setor.

Notícia:MIGUEL A. LOPES/LUSA
COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui