Durante um evento realizado no Dubai, a Hyperloop One anunciou que a cidade será a primeira a receber o sistema de transporte de alta velocidade voltado para passageiros e carga.

O projeto de construção do primeiro Hyperloop será realizado pela Hyperloop One, uma das empresas que está na corrida pelo revolucionário 5º meio de transporte inventado por Elon Musk, em parceria com a Autoridade de Estradas e Transportes de Dubai, RTA.

No anúncio do empreendimento, a empresa prometeu que o Hyperloop oferecerá viagens do Dubai para Abu Dhabi com duração de apenas 12 minutos, enquanto o trajeto até Riad irá demorar 48 minutos e para Doha 23 minutos.

O tempo foi estimado levando em consideração uma velocidade de cerca de 800 quilómetros por hora.

Agora, o próximo passo após o acordo firmado com a RTA na cidade dos Emirados Árabes é estudar a viabilidade da construção de uma linha a ligar as restantes cidades da região.

Apesar da apresentação, ainda é cedo para saber mais detalhes sobre o projeto do Dubai, principalmente porque a tecnologia do revolucionário Hyperloop está ainda em fase de testes, no deserto de Nevada, nos Estados Unidos.

Durante o primeiro teste público do Hyperloop, realizado em maio, o protótipo fez dos 0 aos 187 quilómetros por hora em 1 segundo, o que já foi considerado um sucesso.

Em 2013, o visionário Elon Musk apresentou o design alpha do Hyperloop, um sistema terrestre de cápsulas de alumínio disparadas a alta velocidade em tubos de aço elevados sobre pilares, super rápido e seguro, que nos pode levar do Porto a Faro em 30 minutos.

O Hyperloop não é um carro nem um comboio, é uma espécie de foguete que levita num trilho magnético, e é considerado o 5º meio de transporte que o Homem concebe, depois do rodoviário, ferroviário, marítimo e aéreo.

A ideia é criar um sistema de transporte super veloz que funciona por meio de um tubo de baixa pressão, onde as “cápsulas” de transporte flutuam sobre ar pressurizado e poderiam atingir, de acordo com o projeto inicial, velocidades espantosas de até 1.200 km/h, .

Estudos posteriores acabaram por reduzir o potencial máximo de velocidade do sistema, devido a medidas de segurança e outros fatores.

Além do Dubai, outro país que demonstrou interesse em investir no meio de transporte inventado por Elon Musk foi a Rússia.

Em maio, o ministro de transportes do país, Maxim Sokolov, disse que “a Rússia está tecnologicamente pronta para lançar projetos em larga escala utilizando o Hyperloop”.

ZAP / Canaltech

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.