Foto: andr3 / Flickr  //

Portugal é dos países europeus com índices mais altos de satisfação com o Governo, ocupando o quarto lugar entre 23 estados, segundo os últimos dados do estudo internacional European Social Survey.

Segundo os últimos dados do European Social Survey, ESS, um estudo internacional feito a cada dois anos desde 2002, Portugal é o quarto país europeu, em 23, com índices mais altos de satisfação com o Governo.

Portugal é também um dos países onde a satisfação com quem o governa mais aumentouentre 2014 e 2016, subindo 2,01 pontos, para 5,02 pontos, numa escala de zero a 10.

Este estudo realiza-se desde 2002, e, até agora, a nota máxima que os portugueses tinham dado a um executivo tinha sido 3,61 pontos, em 2006, na altura atribuídos ao primeiro governo de José Sócrates, refere o diário. Em 2012, com Passos Coelho, verificou-se o grau de satisfação mais baixo desde que o estudo é feito, com 2,15 pontos.

A liderar a lista está a Suíça, com 6,58 pontos, seguindo-se a Noruega, com 5,58 pontos. À frente de Portugal aparece, ainda, a Holanda, com 5,46 pontos. Os últimos lugares da lista são ocupados por Espanha, com 3,28 pontos, pela França, com 3,2 pontos, e pela Itália, com 3,07 pontos.

Insatisfeitos com a vida e a economia

Ao contrário do que acontece na generalidade dos países objecto deste inquérito de satisfação com as instituições, abertura à imigração ou sentimento de felicidade, em Portugal há uma discrepância entre a avaliação do Governo e da economia. O que preocupa os portugueses não é o Governo que têm, é o salário que recebem.

A discrepância entre a avaliação que se faz ao Governo e à economia não acontece com países como a Noruega, Suíça e Holanda.

“Depois de valores preocupantemente baixos de satisfação com a democracia e com o Governo durante a troika, tem havido uma recuperação notável que, aliás, começa em 2015 mesmo antes das eleições”, disse ao Público a politóloga Marina Costa Lobo, que considera que a satisfação com o Governo distingue Portugal “no contexto europeu”.

Em outro contexto, Portugal mantém-se num dos lugares mais baixos entre os 23 países analisados, no que diz respeito ao grau de satisfação com a vida.

Ao responder à pergunta “quão satisfeito com a sua vida, no seu conjunto, está hoje em dia?”, os portugueses são os terceiros menos satisfeitos, com uma nota de 6,38 numa escala de zero a dez.

Classificações piores são apenas dadas na Rússia (5,6) e Lituânia (6,1). O ESS mede diferentes variáveis em vários países europeus — satisfação com as instituições, abertura à imigração, sentimento de felicidade, por exemplo — a partir de um inquérito a 44.387 pessoas com mais de 15 anos.

ZAP //

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.