foto: RTP // Tony Gentile – Reuters //  

Francisco o Santo Padre, o Homem que representa a Igreja Católica, o Cardeal Argentino que chegou a Papa e conquistou a admiração de todos pelo Ser Humano que demonstra ser, visitou Fátima, num fim-de-semana que se revelou de emoções e partilhas.

A chegada do Papa Francisco a Portugal, como peregrino, tal como fez questão de ressalvar, foi esperada com ansiedade por milhares de peregrinos que percorreram em oração as ruas do país, delegações de mais de 50 países e centenas de portugueses que agarrados ao ecrã esperaram ver cada passo desta visita papal.

A idade não foi impedimento e famílias, algumas completas, esperaram horas pelas ruas que envolvem o Santuário de Fátima, na esperança de ver de perto o Santo Padre e até de lhes conseguir tocar. Crianças, pelas quais o Papa Francisco já demonstrou diversas vezes a sua ternura, tentaram alcançar a sua bênção e até oferecer-lhe singelos desenhos com mensagens.

Mais uma vez o Homem sorridente e ternurento, emocionou todos os que o acompanhavam, na noite da procissão das velas, ao abandonar o Papa Móvel e aproximar-se de alguns dos peregrino, distribuindo apertos de mão e até carinhos no rosto.

O seu discurso ficou marcado pela solicitação para não esquecermos “cada um dos deserdados e infelizes a quem roubaram o presente” e os “excluídos e abandonados a quem negam o futuro”.

Questionou todos os presentes no santuários que Maria procuravam, “ A Bendita por ter acreditado (…) ou (…) a ‘Santinha’ a quem se recorre para obter favores a baixo preço?”, reiterou que os católicos devem ser marianos, justos, humanos e gratos.

Não deixando de ressalvar que “Devemos antepor a misericórdia ao julgamento e, em todo o caso, o julgamento de Deus será sempre feito à luz da sua misericórdia”.

As cerimónias dos 100 anos das aparições em Fátima, ficaram marcadas igualmente pela proclamação de Santos de Francisco e Jacinta Marto, acontecimento inédito e muito aguardado pelos devotos.

A visita rápida do Papa Francisco, trouxe emoções e expetativas, para além da religião o Homem marca pela sua presença humilde e genuína, unindo os Homens para além das religiões.

iPG

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui