O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, vai fazer uma declaração ao País este domingo, às 18.30 horas.

Depois do Conselho de Ministros extraordinário e de uma audiência urgente com o presidente da República, Cavaco Silva, o gabinete do primeiro-ministro anunciou que Passos Coelho vai dirigir-se ao País este domingo.

Esta declaração surge também depois de o Tribunal Constitucional ter chumbado, na sexta-feira, quatro normas do Orçamento do Estado para 2013, medidas com as quais o Governo esperava arrecadar cerca de 1.350 milhões de euros para os cofres do Estado.

Segundo comunicado da Presidência da Republica, Cavaco Silva acredita que o governo de Passos Coelho tem condições para continuar a governar: “O Presidente da República reitera o entendimento de que o Governo dispõe de condições para cumprir o mandato democrático em que foi investido e manifestou o seu empenho em que sejam honrados os compromissos internacionais assumidos e em que sejam alcançados e preservados os consensos necessários à salvaguarda do superior interesse nacional.”

REDAÇÃO
COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.