A cidade de Vila do Conde recebeu pelo segundo ano consecutivo, a famosa corrida S. Silvestre, que percorreu a marginal da Cidade, num percurso de 10 km.

Ao contrário das mais conceituadas e concorridas corridas de S. Silvestre, esta foi uma prova que não contou com nomes conhecidos do atletismo nacional, por opção. Mário Tavares - iPressGlobal-1020Segundo o Director da Prova, Baltazar Sousa, “o objectivo da S. Silvestre de Vila do Conde é essencialmente juntar a malta pelotão, oferecer um bom percurso aos atletas para que estes possam melhorar as suas marcas e ainda fomentar o atletismo nesta cidade.” A corrida teve início com o tiro de partido dado pela ex-atleta Aurora Cunha, com os atletas a percorrerem os 10 km num trajecto bastante plano ao longo da marginal de Vila do Conde, fazendo ainda uma pequena incursão na Marina da Póvoa e terminando no centro da cidade.

Relativamente à competição, no sector masculino o atleta Filipe Martins (GR Estrelas do Bonfim) foi o primeiro a cortar a meta com o tempo 33m56s, enquanto no sector feminino a vencedora foi Lúcia Oliveira (Açoreana Clube Banif) com o tempo de 40m24s.

No final, reinava a boa disposição e a grande camaradagem entre todos os atletas, com a expectativa de voltarem na próxima edição.

Este slideshow necessita de JavaScript.

REPORTAGEM E FOTOS: MÁRIO TAVARES - iPressGlobal
mario.tavares@ipressglobal.com
COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.