A polícia turca retirou-se este sábado à tarde da praça Taksim, no centro de Istambul, que foi imediatamente ocupada por milhares de pessoas, no segundo dia de violentas manifestações contra o governo, constataram jornalistas da agência France Presse.

Desde sexta-feira que aquela praça estava ocupada pelas forças de segurança que impediam os protestos e dispersavam qualquer concentração no local.

A retirada acontece depois do primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan ter declarado que a polícia se iria manter no local para manter a ordem.

“A polícia estava lá ontem, está lá hoje e estará ainda amanhã porque a praça Taksim não pode ser um local onde os extremistas fazem o que querem”, disse Recep Tayyip Erdogan, durante um discurso em Istambul, no qual pediu aos manifestantes para pararem “imediatamente” com o protesto.

 

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.