Existem pessoas que, por mais que se esforcem, acabam sempre por chegadas atrasados a qualquer lugar. Chegar atrasado torna-se uma rotina e embora possa achar que se trata de uma questão de descuido, a verdade é que, de forma inconsciente, chegamos atrasados porque o queremos. O Huffington Post explica-lhe porquê.

Para muitos de nós, existem três palavras que podemos usar chegamos atrasados a uma reunião, ao trabalho ou a um encontro. “Desculpe o atraso”. Sim, parece que há quem, por mais que se esforce, é incapaz de chegar a qualquer lado a horas. Mas existem várias razões para que isso aconteça.

Segundo um estudo divulgado pelo Huffington Post, existem vários motivos para que isto aconteça, sendo que se pode eleger as três principais razões que são comuns à maioria das pessoas que tem dificuldades de chegar a horas a qualquer sítio. Porém, a principal conclusão é só uma: a maior parte das vezes chega-se atrasado porque, inconscientemente, não se quer chegar a horas.

Segundo o Huffington Post existem dois tipos de pessoas: aquelas que têm tanto medo de chegar atrasados que chegam a um local com antecedência a mais e há os que receando chegar cedo de mais a algum aldo, acabam por se atrasar. Mas porque temem estas pessoas chegar cedo a algum lugar? Passamos a explicar.

Primeiro porque é ineficaz. Chegar cedo significa ter que ficar sentado à espera que o tempo passe. Logo está a perder tempo que poderia estar a ser ocupado com outras atividades.

Depois, há quem se sinta desconfortável por ter que ficar à espera. Sentem que outras pessoas estão a olhar para si e a avaliá-los, o que lhes confere a sensação de fragilidade e de que poderão estar a fazer uma figura ridícula.

Por fim, há quem não goste de chegar cedo por uma questão de gentileza. Acreditam que ao chegar cedo podem estar a incomodar ou interromper alguma coisa e, por isso, acham preferível chegar uns minutos mais tarde.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.