Os 10 anos da Casa da Música comemoraram-se na cidade do Porto, de 9 a 12 deste mês com muita festa, assinalando-se assim o imenso contributo que esta tem dado ao desenvolvimento cultural da cidade.

Envolta em alguma polémica a abertura da casa da música sofreu algum atrasado, tendo sido oficialmente inaugurada a 15 de abril de 2005, pelo então Presidente da República, Jorge Sampaio.

Seguiram-se 10 anos com uma intensa atividade cultural, projetos que abarcaram a comunidade envolvente, espetáculos e concertos que chamaram às suas salas portugueses e estrangeiros, também eles cativados pelo aspeto “estranho” do edifício, cuidadosamente pensada pelo arquiteto holandês Rem Koolhaas, como parte do evento Porto Capital Europeia da Cultura em 2001.

Esta primeira década foi assinalada com uma série de propostas culturais, que tiveram lugar entre 9 e 12 de abril. Das comemorações fizeram parte concertos, ensaios abertos ao público, visitas e oficinas. De entre os artistas marcaram presença o britânico Tricky, Mário Laginha e os portuenses Capícua, Best Youth entre muitos outros.

A comemoração ficou marcada pela participação da Orquestra Sinfónica e o Coro Casa da Música (21h), sob a direção de Takuo Yuasa e pela estreia mundial de “Scherzi”, de Pedro Amaral.

Este domingo, dia em que se fecham as comemorações, destaca-se a participação da Orquestra Jazz de Matosinhos, com o guitarrista Kurt Rosenwinkel.

“Venham mais 10” anos de sucesso e de promoção cultural que faz da cidade do Porto o coração cultural da Europa.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.