Considerada uma atração turística da cidade invicta, este ano celebra-se a sua vigésima exposição e decorrerá nos dias 07 e 08 de março no Mosteiro de S. Bento da Vitória.

 

Uma cidade com cor, com cheiro, com a beleza da “Rainda das Flores” espalhada pelos seus jardins, uma ligação tão forte que até serviu para batizar o nome de uma espécie de camélias chamada “Cidade do Porto”, mas esta é uma das quase 400 especies de camélias exclusivamente portuguesas.

Por todo o norte de Portugal até à Galiza, a também conhecida “Japoneira” é já considerada património natural e cultural da cidade, onde nos seus jardins mais emblemáticos se podem descobrir variadas espécies de camélias reconhecidas internacionalmente.

Organizada pela Câmara Municipal do Porto, através do seu pelouro do ambiente, juntamente com a Porto Lazer e a Associação Portuguesa das Camélias, a exposição terá como palco os Claustros do Mosteiro de São Bento da Vitória, junto à Cadeia da Relação, situado na Cordoaria.

A exposição marcada para os dias 07 e 08 de Março irá contar com actividades tendo a imagem da camélia como pano de fundo, o público poderá assistir a performances de dança, espectáculos de novo circo, horas de conto, teatro de marionetas, leituras encenadas e concertos de musica.

Mas este será apenas o ponto de partida deste evento uma vez que é novidade a sua prolongação durante uma semana, até ao dia 14 de março, que contará ainda com um concurso a fim de eleger a Melhor Camélia e a Melhor Camélia de Origem Portuguesa, o tradicional mercado da camélia, workshops elaborados para ensinar a identificar e a cultivar camélias e a existência de oficinas onde as crianças poderão aprender a efectuar trabalhos de desenho, pintura e recorte, personalizando postais em forma de camélias.

No fecho da semana da Camélia, o varandim da Torre dos Clérigos será palco de um espéctaculo baseado no romance “A Dama das Camélias” de Alexander Dumas, que se dá pelo nome de “La Traviata de Verdi”.

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Força e dedicação é o que não irá faltar com certeza.Gostaria de saber mais de eventos na nossa linda cidade do Porto sobre a exposição das camélias .Parabéns pelo cuidado na organização, mas precisam de maior divulgação. Todos os anos sempre que posso estou presente nas vossas exposições,ficando encantada com as espécies apresentadas .

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.