foto: billy_wilson / Flickr

Os portugueses trabalham, em média, 1.857 horas por ano – mais 486 horas por ano que na Alemanha, o país onde menos tempo se gasta trabalha. 

Os números constam de um relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), citado pelo Diário Económico, que mostra que Portugal está em 12º lugar entre os 39 países analisados e, na Europa, apenas se trabalha mais do que nós na Grécia, Polónia, Estónia, Hungria e Islândia.

Os portugueses trabalham mais, por outro lado, que os irlandeses, os turcos, os checos ou os eslovacos.

Se por um lado a Alemanha é o país com menos horas de trabalho – 1.371 -, é o México que lidera a tabela dos que trabalham mais tempo: uma média de 2.228 horas por ano. Os gregos, os europeus que passam mais tempo a trabalhar, trabalham mais 671 horas que os alemães e 185 mais que os portugueses.

Surpreendentemente, é nos países onde se trabalha menos horas – como França, Dinamarca, Noruega, Holanda e Alemanha, todos com menos de 1.500 horas por ano – que o nível de produtividade é maior e o PIB por habitante é superior ao das nações onde se trabalha muitas horas.

O Económico explica que essa discrepância entre os países do Centro e Norte da Europa e os outros pode estar, além da produtividade e distribuição de tarefas no local de trabalho, no facto de que em países como a Holanda 38,5% dos empregos são em part time; na Alemanha são 22,3%. No entanto, esse fator parece ter menos importância em França (35º na tabela), por exemplo, com 14,2%.

ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui