A praia Formosa, no Funchal, é a primeira praia do país a instalar um dispositivo que vai permitir que pessoas invisuais possam nadar de forma autónoma e segura.

 

Ir a praia e aventurar-se a um banho no mar, era até ao momento uma aventura perigosa e impossível de realizar de forma autónoma para os invisuais no nosso país. Na próxima semana, pelo menos numa praia do país, mais precisamente no Funchal, pessoas sem visão vão poder usufruir do areal e do mar com outras condições de segurança, através de um dispositivo que “permite ao invisual entrar e sair da água autonomamente, bem como saber a sua localização na água através de uma pulseira que aciona um dispositivo sonoro localizado em boias flutuantes e em painéis“, segundo explicou à lusa o vereador Domingos Rodrigues.

O dispositivo já instalado na praia da Formosa é usado na Europa e implica um sistema de comunicação entre boias e painéis instalados para o efeito e o uso de um relógio usado pela pessoa, que através de sinais sonoros receberá indicações sobre a sua posição na água.

Este novo sistema, necessitou de um investimento de 50 mil euros e faz parte, segundo o vereador, dos“ projetos vencedores do Orçamento Participativo de 2014 do município do Funchal, tendo sido o mais votado pelos munícipes“.

A inauguração realizar-se-á na próxima semana, com a disponibilização, nesta fase inicial, de 5 pulseiras para invisuais que queiram experimentar o sistema e disfrutar do mar.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.