Desde Abril de 2004 que não se via o Brent a descer abaixo dos USD 33 e chegou a USD 32,16.

O petróleo Brent chegou esta semana aos USD 32,16 por barril. Desde Abril de 2004 que o preço não descia abaixo dos USD 33. E há um grande risco de poder descer abaixo de USD 30, segundo uma nota emitida pelo Bank of America Merrill Lynch e citada pela Reuters.

“O sentimento negativo está prejudicar as expectativas de procura, o crescimento está a diminuir na China e há um excesso de gasolina no inventário de ontem das reservas [dos EUA] e isso reflecte-se nos preços”, afirmou à Reuters Hans van Cleef, um economista sénior da área da energia da ABN Amro em Amesterdão.

O preço médio do crude vendido pelos diferentes países da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), onde se inclui Angola, também conhecido como o preço diário do cesto, chegou na quarta-feira aos USD 29,71, descendo de USD 31,21 na terça-feira.

“A tendência é a descer e é provável que acelere a queda – não é aconselhável que se mantenha por muito tempo. Há objectivos inferiores e é provável que estes sejam apenas pontos de paragem numa movimentação maior para baixo”, referiu o analista técnico da PVM Robin Bieber.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui