O vencedor do prémio de Literatura LeYa 2014 é Afonso Reis Cabral, um jovem de 24 anos, descendente de Eça de Queiroz e que vê assim reconhecido o seu talento com um prémio de 100mil euros e a publicação do romance.

Afonso Reis Cabral, é natural de Lisboa, embora tenha sido a cidade do Porto que o viu crescer, o gosto pela escrita acompanha-o desde cedo e aos 15 anos publicou o livro de poesia “Condensação”.

Formou-se em Estudos Portugueses e Lusófonos e depois em Estudos Portugueses, na Universidade Nova de Lisboa. Ao longo dos últimos anos, viu grandes obras passarem pelas suas mãos, ao desenvolver o trabalho de revisor, em diversas editoras por onde tem passado na sua vida profissional.

Descendente de Eça de Queiroz, não acredita na genética como única responsável pelo seu talento para a escrita e defende que os escritores devem basear-se na sua experiência de vida para incutir verdade e realismo ao texto que escrevem.

O sucesso do romance “O meu Irmão”, que lhe valeu este prémio, pode estar nesta premissa, uma vez que o romance fala da relação de dois irmãos, um deles com Síndrome de Down, uma realidade vivida por Afonso.

O romance foi escolhido entre os 361 originais que se candidataram ao prémio e que chegaram de 14 países diferentes, todos escritos em língua portuguesa.

Para a história fica o facto de Afonso Cabral ser o mais jovem escritor a vencer este galardão da escrita.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.