No próximo dia 17 de setembro em Londres, Maria João Pires receberá um galardão, pela sua performance na gravação dos concertos de piano nº3 e nº4 de Beethoven.

A pianista Maria João Pires, é este ano brindada pelos prémios Gramophone, atribuídos pela revista britânica com o mesmo nome, cujo objetivo é distinguir a indústria discográfica de música clássica. A pianista foi selecionada na categoria de Concerto, uma das 12 que a revista nomeia a par com a categoria de Artista do Ano, cuja votação é realizada pela internet.

O prémio agora atribuído recai sobre a interpretação realizada pela pianista, nos concertos para piano nº 3 e nº 4 de Beethoven, que resultou numa gravação e da parceria com a orquestra sinfónica da Rádio Sueca e com o maestro inglês Daniel Harding. A gravação encontra-se disponível em disco cuja edição remonta a 2014.

Maria João Pires está igualmente nomeada para a categoria “Gravação do ano”, cujo vencedor será anunciado apenas durante a cerimónia de entrega dos prémios, a 17 de setembro.

A pianista tem já uma reconhecida carreira que teve início nos anos 40, uma vida dedicada ao piano, recheada de grandes nomes como: Campos Coelho, Francine Benoit, Rosl Schmid e Karl Engel, cujas presenças fizeram parte do seu percurso enquanto aluna.

Ainda em 2015 a agenda da artista conta com a atuação com uma diversidade de orquestras entre as quais destacamos a London Philharmonic Orchestra, Concertgebouw Orkest, Orquesta Nacional de España, Boston Symphony, Orchestre de Capitole de Toulouse, Orchestra Filarmonica della Scala e a Chamber Orchestra of Europe.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.