Haeli Wey, docente do colégio Westlake High School, nos Estados Unidos, chegou a ser detida mas saiu em liberdade, depois de ter pago uma fiança de 136 mil euros. Agora, enfrenta uma acusação que pode chegar, segundo as leis do estado do Texas, aos 20 anos de prisão.

Segundo a acusação, a professora enviava mensagens de telemóvel e chamava os alunos para passear depois das aulas. Os passeios incluíam sexo. Quando um dos alunos descobriu que a docente seduzia um outro colega, resolveu denunciá-la.

O rapaz, de 17 anos, assegura que saiu pelo menos 10 vezes com a professora, entre agosto e setembro deste ano, e que, durante esses encontros, manteve “várias relações sexuais” com Haeli Wey. Segundo a investigação, a professora terá mesmo realizado uma viagem à África do Sul com o aluno e a sua família.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.