O município de Lisboa apresentou na passada sexta-feira, a intenção de criar um Programa Municipal para a Pessoa Sem Abrigo (PMPSA) com a finalidade de contribuir para a integração destes na sociedade e no mundo do trabalho.

A versão inicial do PMPSA conta com uma rede de parceiros que têm como etapas a criação de um programa de saúde de proximidade dando ênfase à questão mental, à renovação e construção de balneários e sanitários (públicos ou de instituições),à distribuição de quatro equipas técnicas de rua pela cidade (zona ocidental, oriental, centro e centro sul) e ainda à criação de mais quatro Núcleos de Apoio Local (NAL) ajudando 150 sem-abrigo a alimentarem-se no Cais do Sodré/Santos, Olivais/Parque das Nações, Avenida da Liberdade/Restauradores, e Campo das Cebolas/Santa Apolónia.

Esta previsto que os concursos públicos para a construção dos NAL arranquem já em no próximo mês, sendo que em dezembro se dará inicio ao processo de concurso para a renovação de outros espaços abrangidos pelo projeto

Segundo o documento agora apresentado, a implementação do programa vai requerer um investimento de  5,8 milhões de euros. O projeto tem duração prevista de 3 anos e antevê a redução de 200 sem abrigo das ruas de Lisboa até 2018.

Segundo João Afonso, vereador municipal esta iniciativa surge da necessidade sentida na sequência de outros projetos nesta área, de reforçar o apoio aos sem abrigo, promover a inclusão e combater a pobreza da população tocando “por um lado a vasta rede de apoio social existente […] e por outro contribuindo para a promoção da integração da pessoa sem-abrigo, ao criar e redimensionar respostas que assegurem mais qualidade de vida, de forma a prevenir o agravamento destas situações”.

Aguarda-se agora a apreciação da proposta, em reunião camarária pública, que terá lugar na próxima quarta-feira.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.