A Divisão de Investigação Criminal do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP deteve, na quinta-feira, quatro homens responsáveis pela venda de “boa parte” dos estupefacientes consumidos na Grande Lisboa, e apreendeu nesta operação 1,7 milhões de doses de haxixe.

Os homens, com idades entre os 36 e os 47 anos, vão ser presentes no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa no sábado.

“Tratava-se de um grupo que se dedicava ao tráfico de estupefacientes, nomeadamente haxixe e heroína, a um nível considerável. Um grupo já com muita experiência, muito alertado relativamente a precauções para não ser apanhado por investigações policiais, e cuja atividade lhe permitiu arrecadar proventos elevados”, disse aos jornalistas o subintendente Carlos Resende da Silva, Comandante da Divisão de Investigação Criminal de Lisboa.

Este grupo, afirmou ainda, “era responsável por uma boa parte do estupefaciente comercializado na zona da Grande Lisboa”.

NOTICIA LUSA
JOÃO RELVAS/LUSA
COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.