A dupla Ricardo Moura/António Costa asseguraram o lugar mais alto do pódio e consolidaram a liderança no Campeonato Nacional de Ralis, quando faltam 3 provas para o seu término.

Emoção, alternância na frente da prova e muito competitividade… foi assim o Rali do Vidreiro / Centro de Portugal que se disputou este fim-de-semana. Debaixo de muito calor, os pilotos deram espetáculo disputando km a km as várias etapas, trazendo ainda mais emoção à luta pela conquista do Campeonato, a qual está ainda acesa e promete continuar assim até ao fim.

No comando do Campeonato, Ricardo Moura entrou neste Rali disposto a segurar a liderança, consciente que não existem margens para errar porque na sua retaguarda segue o experiente José Pedro Fontes, que tudo fará para destronar o piloto açoriano. E a prova até começou melhor para Fontes, que foi o primeiro líder do Rali, mas uma falha na válvula de pressão do turbo condicionou a sua prestação e limitou (e muito) o andamento do Citroën DS3 R5 – “Fizemos tudo o que pudemos num rali em que nunca consegui imprimir o meu andamento”, confessou José Pedro Fontes no final da prova.

Problemas mecânicos afastaram JP Fontes da vitória
Problemas mecânicos afastaram JP Fontes da vitória

Por seu turno, o líder Ricardo Moura, a bordo do seu Ford Fiesta, soube aproveitar a limitação do adversário para vencer por uma margem curta esta prova, obtendo a segunda vitória consecutiva e a terceira da temporada, reconhecendo no pódio que esta foi uma vitória muito difícil – “Sabíamos que não ia ser fácil, mas este triunfo acaba por ser muito importante. Penso que encontrámos a base ideal para asfalto e isso deve-se ao trabalho exaustivo de toda a equipa que conseguiu trabalhar no Fiesta de forma perfeita”.

A três provas do fim da temporada, primeiro e segundo classificados estão agora separados por 7,5 pontos e voltam-se a encontrar para medir forças no final de Julho, altura em que se disputará o Rali Vinho Madeira, no Funchal.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.