O cúmplice do menor foi condenado a 10 anos de prisão.

Um jovem de apenas 13 anos foi condenado a prisão perpétua por um tribunal de West Mindlands, na Inglaterra, por ter assassinado uma mulher, escreve o The Guardian.

O crime teve lugar à porta de um bar. O menor, na companhia de outro jovem agora com 20 anos, assaltou e agrediu uma mulher. A vítima, Glynis Bensley, foi atirada ao chão e o menor pisou-lhe a cara com tamanha violência que a sua pegada ficou marcada na face da mulher, tendo provocado uma hemorragia cerebral que levou à morte da vítima de 47 anos.

A irmã de Glynis Bensley disse ao The Guardian é a sua família que está a cumprir uma prisão perpétua. “Não importa quantos anos eles vão ficar na prisão, porque vão receber as visitas dos familiares. Essas famílias vão poder ver os seus filhos, mas nós não vamos voltar a ver a nossa irmã”, disse Dawn Bensley.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.