Manoel de OliveiraO realizador português Manoel de Oliveira festejou na passada quarta-feira, o 104º aniversário, num ano em que estreou o filme “O gebo e a sombra”, rodou uma curta-metragem em Guimarães e prepara duas novas obras.

Depois de um verão passado a recuperar de uma insuficiência cardíaca, Manoel de Oliveira cumpriu um dia de aniversário em família.

Manoel de Oliveira, o mais velho realizador ainda em atividade, nascido a 11 de Dezembro de 1908, termina um ano que ficou marcado pela estreia do filme “O gebo e a sombra”, que passou no festival de Veneza, e pela rodagem da curta-metragem “O conquistador conquistado”, a convite de Guimarães Capital Europeia da Cultura.

Atualmente tem outros dois filmes em carteira, ambos em fase de captação de financiamento: “O velho do Restelo”, inspirado em textos de Camões, Teixeira de Pascoaes e Cervantes, e “A igreja do diabo”, a partir dos contos de Machado de Assis.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui