Durante sete dias a Europa foi descoberta de uma forma diferente pelas 165 equipas do “Red Bull Can You Make It?”, com um percurso de milhares de quilómetros para cumprir sem um tostão no bolso. As latas de Red Bull foram a única moeda de troca permitida nesta aventura de sobrevivência urbana, um desafio que contou com a participação de duas equipas portuguesas.

 

Um total de 165 equipas de estudantes universitários de 50 países, viveram a edição deste ano do “Red Bull Can You Make It?”, com Portugal a marcar mais uma vez presença. As formações de três elementos apuradas à escala mundial partiram de diferentes pontos tendo como objetivo final alcançar Paris, com uma distância de centenas de quilómetros para cumprir. O grande desafio consistiu em avançar durante sete dias sem um único tostão no bolso, já que o dinheiro, cartões de crédito e também os telemóveis ficaram na partida!

Numa autêntica aventura de sobrevivência urbana, as latas de Red Bull foram a única moeda de troca autorizada. No fim, os cerca de 500 estudantes que se fizeram à estrada trocaram um total de 16.036 latas para avançar no terreno, dormir, garantir a sua alimentação e demais necessidades.

Ao todo foram utilizados 35 meios de transporte diferentes, incluindo voos comerciais de avião, helicópteros privados ou a mais simples bicicleta. Com diferentes rotas, as equipas visitaram um total de 40 destinos – o que incluiu paragens obrigatórias em cidades emblemáticas como Copenhaga, Londres, Budapeste, Genebra, Bordéus, Viena, Cracóvia, Veneza ou Madrid.

Os vencedores representaram a Universidade de Tallinn, na Estónia, acumulando a maior pontuação nas três categorias da competição – ranking de social media, desafio dos pontos de passagem e classificação geral. A recompensa é uma longa viagem pela Europa com todas as despesas pagas!

Portugal esteve presente com duas equipas, estando entre o grupo que conseguiu alcançar com sucesso a Cidade das Luzes. Para os “Roadtrippers”, do Instituto Superior Técnico (Lisboa), “esta experiência superou as expectativas, com muitas histórias para mais tarde recordar”. Na Suíça tentaram uma boleia de avião, apanharam uma multa no comboio e acabaram perdidos no meio do nada. Ainda assim este foi o país mais apreciado; “Queremos lá voltar e estamos prontos para mais aventuras!”. Já os The AristoPugs, estudantes de medicina do Porto, elegeram dois momentos chave nesta aventura; “Uma noite passada num hotel de cinco estrelas em Basileia, que custou apenas algumas latas de Red Bull e uma boleia num carro clássico em Roma”.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.