No passado dia 5 de novembro, realizou-se a apresentação do “ Manual Para Transformar o Mundo” no salão nobre da Reitoria da Universidade do Porto, projeto desenvolvido em parceria pelo instituto de Empreendedorismo Social (IES), pela Fundação Calouste Gulbenkian e com o apoio da Universidade do Porto.

 Esta data ficou marcada pela apresentação pública do “ Manual para Transformar o Mundo”, um livro de cariz prático, e o primeiro guia para o empreendedor social em Portugal.

Da apresentação fizeram parte o Professor Carlos Brito da Universidade do Porto, o Dr. Luís Gerónimo da Fundação Calouste Gulbenkian que através do Programa de Desenvolvimento Humano apoia esta publicação e a Dr.ª Rita do IES que apresentou o Manual e os seus objetivos.

Coube à representante do IES intervir com a plateia, demonstrando como pode este manual apoiar um empreendedor a colocar em prática a sua ideia, através de 10 passos descritos no livro. É intenção deste projeto lançar o desafio ao leitor, de pensar sobre o modo de construir soluções para situações descuradas da sociedade, de modo a que cada um possa ajudar a transformar o mundo.

Os conteúdos deste manual foram numa fase inicial desenvolvidos pelo IES e pelo INSEAD como parte da iniciativa
FAZ – Ideias de Origem Portuguesa.

Este manual induziu à criação de um movimento desenvolvido pelo IES e da Fundação Calouste Gulbenkian e que conta com o apoio da Universidade do Porto. Pretende-se que este “Manual para Transformar o Mundo” encoraje milhares de empreendedores a desafiar o seu pensamento e a colocar em prática um projeto de cariz social como é o caso dos projetos “Arrebita! Porto” e “ Projeto Rios” apresentados durante a sessão.

Se tem espirito empreendedor social e não sabe como colocar a sua ideia em prática não pode deixar de ler este manual!

Por Mara Pereira - iPressGlobal
COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.