A estação de metro dos Aliados  serve de acolhimento à exposição ”Salta”, que estará visível para o público até 20 de abril e que é o resultado do trabalho elaborado por um grupo de sem abrigo.

A exposição patente na estação de metro, dos Aliados na cidade do Porto, resulta do trabalho realizado ao longo de um curso de quatro meses organizado pela Plataforma Mais Emprego, através de um desafio proposto pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional. O objetivo desta formação, foi criar um curso para pessoas em condições precárias de vida, que se adaptasse as suas características e que fosse a motivação para esquecerem, ainda que por algumas horas do dia, as más experiências. A intenção ia mais além, a formação visava desenvolver competências de integração no mercado de trabalho, criando-se assim condições para tirar as pessoas da rua e valoriza-las.

Segundo Rui Valente, Diretor do Centro de Emprego e Formação Profissional do Porto, com este projeto as entidades promotoras pretendiam “ver até que ponto, por via de um processo de formação profissional não muito convencional”, era possível “pegar num público com características muito particulares e específicas e dar-lhe algumas competências de empregabilidade”.

Para a Plataforma Mais Emprego após a avaliação desta edição do curso, pretende dar continuidade à formação, indo de encontro as indicações dadas pelos formandos no decorrer da primeira edição.

Para já é possível ver o empenho de cada um dos participantes até dia 20, numa mostra que se traduz num conjunto de sapatos com flores plantadas, que deste modo contam nas entrelinhas a história de muitos os que vivem na rua e se encorajaram a “Saltar” para outra fase da vida.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.