Um golo de Morata, para lá do último minuto dos descontos, deu hoje ao Real Madrid um triunfo em casa sobre o Sporting, por 2-1, em jogo da primeira jornada do Grupo F da Liga dos Campeões de futebol.

O Sporting entrou em campo em Madrid como Jesus queria, sem medo e a controlar a partida, que chegaria ao intervalo com o marcador em branco.

Logo no início da segunda parte, aos 48 minutos, Bruno César, inaugurou o marcador a favor dos ‘leões’ e o Sporting esteve muito perto de ser a primeira equipa portuguesa a vencer no Estádio Santiago Bernabéu.

Mas a 1 minuto do fim do tempo regulamentar, aos 89 minutos, o “leão” Cristiano Ronaldo conseguiu o empate para o Real Madrid, na marcação de um livre directo – de nada valendo a estirada de Rui Ptrício, que conseguiu desviar a bola para o poste, não a impedindo de entrar.

Pela terceira vez na vida, Ronaldo marcou à sua antiga equipa – e pela terceira vez optou por não festejar o golo.

Ao 5º minuto dos 4 que o árbitro tinha dado de compensação, Morata consumou a reviravolta, marcando de cabeça o 2-1 com que a partida terminou.

O Real Madrid, campeão europeu em título, acabou por somar os três pontos e instala-se no topo do grupo em igualdade pontual com os alemães do Borussia de Dortmund, que foram a Varsóvia golear o Legia, por 6-0.

O Sporting e a equipa polaca seguem ainda sem qualquer ponto.

ZAP / Lusa

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.