Recentemente, uma praia da pequena ilha sueca de Mjorn foi invadida por plâncton bioluminescente, criando um espectáculo natural de aspecto alienígena.

 

Não se sabe ao certo o que torna o plâncton luminescente, mas os cientistas acreditam que o fenómeno ocorre quando estes microorganismos marinhos são perturbados. Consequentemente, a luz emitida pelo plâncton que o torna bioluminescente é um dos produtos de uma complexa reacção química.

Organismos como o plâncton, vaga-lumes e tamboril têm a capacidade de brilhar quando libertam uma substância química chamada luciferina, que reage com o oxigénio e cria uma luz.

Lukasz Warzecha, um britânico que estava de férias na Suécia na altura do acontecimento, capturou o fenómeno, que posteriormente foi publicado pelo Daily Mail.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.