Quando estão contados 49 por cento dos votos, o Syriza é já indicado como o vencedor das eleições gerais antecipadas na Grécia, conseguindo 145 lugares.

O partido de esquerda Syriza, liderado por Alexis Tsipras, é o vencedor das eleições gerais deste domingo na Grécia, contados que estão 49 por cento dos votos (20:00 em Lisboa, 22:00 em Atenas). O partido consegue 35,56 por cento dos votos, o que equivale a 145 lugares num total de 300 lugares que constituem o parlamento grego.

O mais direto rival Nova Democracia, liderado Vangelis Meimarakis, consegue 28,04 por cento dos votos já contados, o que corresponde a 75 lugares no parlamento.

Os Gregos Independentes, parceiros do Syriza no anterior governo, conseguem 3,70 por cento dos votos, para 10 lugares no parlamento.

Com a re-eleição quase garantida, Alexis Tsipras publicou no Twitter uma mensagem de vitória onde apela ao trabalho e à perseverança.

Por seu turno, Meimarakis admitiu a derrota logo após os primeiros resultados oficiais e congratulou Tsipras.

“Travámos esta batalha com seriedade. Parece que o resultado dá a vitória ao Syriza e a Tsipras. Felicito-o, o resto discutiremos a seguir”, afirmou Meimarakis à comunicação social à sua chegada à sede do seu partido, perto do centro de Atenas.

Tsipras, que chegou à sede do Syriza com o braço levantado, em sinal de vitória, foi aclamado por uma multidão que se encontrava na rua.

O Syriza deverá repetir a coligação com os nacionalistas Gregos Independentes, uma ideia defendida pelos dois partidos durante a campanha eleitoral e avançada esta noite pela televisão pública grega ERT.

Juntos, os dois partidos terão 155 dos 300 lugares do parlamento grego, quatro mais do que a maioria absoluta.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.