Gil Vicente está praticamente fora da final do Jamor depois da derrota caseira (0-3) diante do FC Porto.

O técnico portista, José Peseiro, tinha deixado o aviso na antevisão da partida: “O FC Porto vai tentar resolver a eliminatória já em Barcelos”, e foi mesmo isso que acabou por acontecer com o Dragão a “depenar” o galo de Barcelos e a deixar praticamente decidida a eliminatória.

Como era esperado, o Gil Vicente agigantou-se nos instantes iniciais da partida, fazendo pressão alta e apostando em saídas rápidas pelos corredores. Por sua vez, os portistas entraram algo apáticos e talvez surpreendidos com a dinâmica gilista, demoraram assentar o jogo e a assumir o controlo da partida. O primeira lance de verdadeiro perigo pertenceu aos gilistas quando aos 25′ Vítor Gonçalves rematou fora da área e viu a bola embater na barra da baliza de Helton. A bola não entrou e o jogo mudou de sentido! Os azuis-e-brancos mudaram o “chip” e passaram a controlar a bola, dominando o centro do terreno e encostando aos poucos os minhotos à sua grande área. O FC Porto começou a criar perigo, ameaçou primeiro por Marega, depois Suk obrigou Serginho a uma excelente defesa, até que Rúben Neves abriu o activo já em tempo de descontos, num remate forte e colocado.

Sérgio Oliveira marcou o seu primeiro golo pela equipa principal dos Dragões
Sérgio Oliveira marcou o seu primeiro golo pela equipa principal dos Dragões

FC Porto dominou por completo a etapa complementar

No reatar da partida nova oportunidade para o Gil Vicente e mais uma vez a bola bateu na trave de Helton. No entanto a reacção dos gilistas não passou deste lance, aliás a equipa de Barcelos não criou mais nenhum tipo de perigo para a baliza portista. Aproveitando a quebra física do adversário e com as transições ofensivas mais rápidas, o FC Porto assumiu definitivamente o jogo, procurando ampliar a vantagem o que acabaria por acontecer aos 59′ com Suk a marcar pela primeira vez com a camisola dos Dragões, e aos 70′ Sérgio Oliveira fechou a contagem em 3-0. Até ao final, os Dragões ainda tiveram mais 2 ou 3 boas ocasiões para marcar, mas o marcador não mais foi alterado.

A segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal será disputada no dia 02 de Março, no Estádio do Dragão.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.