FC Porto garante o objectivo dos “quartos-de-final” ao vencer, de forma tangencial, o CD Feirense por 1-0 em “Terra de Santa Maria”.

Foi com uma exibição sofrível e sem brilho que o FC Porto garantiu a continuidade na Taça de Portugal, ao derrotar o Feirense, equipa que milita na II Liga, pela margem mínima. Se dúvidas havia que algo não está bem no reino do Dragão, essas foram confirmadas depois de uma partida em que apenas se aproveitou o golo solitário de Aboubakar aos 10 minutos. Sem ideias e lento nas transições, este FC Porto tem vindo a piorar as exibições e começa a ser presa fácil para qualquer adversário, até mesmo de um escalão inferior. O Feirense bateu-se como pode, apresentando uma boa organização, nomeadamente defensiva, pecando apenas na objectividade atacante, ainda assim teve muito perto da igualdade quando aos 88′ Kukula isolado permitiu uma defesa fantástica de Helton.

Aumenta a contestação ao técnico Lopetegui, fruto das recentes exibições dos Dragões
Aumenta a contestação ao técnico Lopetegui, fruto das recentes exibições dos Dragões

Do lado portista não há muito mais para contar, apenas referir que se limitaram a controlar a bola, fazendo-a circular lentamente e sem vigor, chegando mesmo aborrecer os adeptos presentes. É certo que a vitória não está em causa, no entanto a exibição pobre e insípida do FC Porto deixa a nú as fragilidades que este plantel atravessa neste momento, aliás não deixa de ser curioso que tanto os elementos da equipa técnica como os jogadores, apresentem rostos fechados e tristonhos mesmo antes da partida se iniciar. Nota final para o Feirense que teve uma oportunidade de ser “tomba gigante”, tivesse o técnico Pepa arriscado mais na etapa complementar.

O FC Porto segue assim em frente para os “quartos-de-final”, conhecendo o seu adversário no próximo dia 21, num sorteio que se vai realizar na sede da Federação Portuguesa de Futebol.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.