Em conferência de imprensa a partir de Cabul, esta terça-feira à tarde, os talibãs quebraram o silêncio e falaram pela primeira vez desde que assumiram o controlo do Afeganistão.

Zabihullah Mujahid, porta-voz dos talibãs, assegurou esta tarde que o território afegão não será usado para cometer ataques “contra pessoas ou países”, numa declaração que tinha como objetivo tranquilizar a população e a comunidade internacional.

“O Emirado [Islâmico do Afeganistão] não se vai vingar de ninguém. As animosidades terminaram”, disse o responsável talibã.

Em relação ao futuro das mulheres, Mujahid adiantou que serão autorizadas a trabalhar e a estudar. “São muito ativas na nossa sociedade”, afirmou, referindo-se especialmente aos setores da educação e da saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui