A TAP vai deixar de pedir aos passageiros para desligarem os telemóveis durante a descolagem e durante a aterragem. A partir de hoje os dispositivos eletrónicos podem manter-se ligados, em modo de voo, durante toda a viagem.

A companhia de aviação portuguesa TAP emitiu um comunicado onde revela que a partir de 14 de Janeiro, é permitida a utilização de aparelhos eletrónicos pessoais durante todas as fases do voo. Até agora os passageiros eram obrigados a desligar os equipamentos durante a descolagem e durante a aterragem.

A utilização dos aparelhos obriga no entanto que estejam configurados em modo de voo, isto é, onde todos os modelos de comunicações estão desligados.

A empresa faz no entanto um reparo aos computadores portáteis por questões de segurança: “A utilização de computadores portáteis (laptops) está, porém, restringida nas fases de descolagem e aterragem, devendo esses equipamentos ser guardados e devidamente acomodados, de forma a ser garantida a segurança dos restantes passageiros”, lê-se no comunicado.

A alteração feita pela companhia portuguesa acontece exatamente dois meses depois de a Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) ter aprovado o uso de equipamentos eletrónicos em todas as fases de voos realizados na Europa.

A Comissão Europeia também já aprovou um conjunto de novas regras que permite às companhias aéreas decidir se permitem o uso de serviços de telecomunicações com base em 3G ou 4G nas fases de voo acima dos 3.000 metros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui