Um taxista foi preso depois de confundir um carro da Polícia Militar brasileira com um veículo da Uber e de ter realizado manobras perigosas com o intuito de provocar um acidente.

O homem, cuja identidade não foi divulgada, foi preso em Belo Horizonte, no Brasil, na noite de domingo (24 de Julho), após provocar uma colisão entre o seu carro e um veículo da Polícia Militar.

O motorista foi preso depois de confundir um carro do gabinete militar do Governo do Estado com umveículo semelhante aos usados pelos motoristas da aplicação Uber. Um soldado e um major estavam descaracterizados no veículo oficial.

De acordo com os relatos da Polícia Militar, o taxista realizou manobras bruscas como maneira de intimidar o que para ele seria um motorista credenciado da Uber.

Ao passar pelo bairro Cachoeirinha, na Avenida António Carlos, o taxista ultrapassou o carro da Polícia Militar pela direita e travou bruscamente, a fim de provocar a batida na sua traseira. O soldado que dirigia o carro oficial conseguiu evitar o choque na parte traseira, mas acabou por chocar na lateral do táxi.

Após o acidente, o causador da colisão fugiu pela via. Os polícias e mais uma equipa da Polícia Militar iniciaram uma perseguição ao taxista.

Após outra colisão entre os carros envolvidos, os polícias conseguiram abordar o taxista e prenderam-no. No táxi, encontraram uma pequena quantidade de marijuana e prenderam-no por dano, condução perigosa e posse de estupefacientes.

A carteira do taxista foi recolhida pelos polícias e o táxi rebocado para o pátio do Departamento de Trânsito de Minas Gerais.

Ricardo Faedda, presidente do Sindicato dos Taxistas de Belo Horizonte, pediu desculpas públicas à Polícia Militar pelo ocorrido. Segundo ele, esta não é a melhor maneira de lutar contra o que ele classifica como transporte clandestino.

Esta não é a primeira vez que taxistas confundem carros oficiais com veículos utilizados pelo Uber. Há quase um ano, o motorista do deputado federal Laudívio Carvalho acabou cercado por taxistas enquanto procurava o parlamentar na cidade de Nova Lima, Minas Gerais.

Canal Tech

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.