Na sequência dos atentados à capital de França que matou mais de uma centena de pessoas, monumentos representativos do país iluminaram-se, na noite de sábado, em homenagem às pessoas que perderam a vida.

No Porto, o Teatro Rivoli foi iluminado com as cores da bandeira francesa, durante o espetáculo “Os ícones do desporto”, numa iniciativa da Câmara Municipal. O momento ficou marcado pelo discurso de Rui Moreira, autarca da cidade, que para além desta ação enviou uma carta a lamentar o sucedido à Câmara de Paris e à embaixada de França, onde afirma que: “É trágico o elevado número de vidas perdidas e é inaceitável que alguns insistam na ideia de condicionar, pelo medo e através do terror, a liberdade e a forma de viver de outros. Em nome de toda a cidade do Porto, deixo-lhe uma nota de profunda solidariedade e de repúdio por tais actos.”

Também em Lisboa, pelas 18h30, a Torre de Belém vestiu as cores da bandeira francesa, gesto organizado pela Embaixada de França e da Câmara Municipal.

Na mesma linha de ação já outros países prestaram homenagem a todos os que morreram, iluminando os seus edifícios mais emblemáticos. Assim, no Canadá foi iluminada a torre de Toronto, e no Reino Unido o estádio de Wembley, também se revestiu de vermelho, azul e branco.

Nos Estados Unidos,o One World Trade Center, o edifício da Câmara de São Francisco e o Omni Hotel em Dallas, são alguns dos edifícios que se juntaram a esta iniciativa.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.