Enquanto a oposição andava entretida com a questão dos sms entre o Ministro das Finanças e António Domingues, ficámos a saber que durante a administração do anterior governo cerca de 10 mil milhões de euros saíram de Portugal para offshores.

Enquanto fomos apertados até ao limite por um ministério das finanças pouco tolerante, parece que este mesmo ministério deixou fugir para parte incerta uma importância considerável de dinheiro. Esta história torna-se pública pois existe um desfasamento, precisamente de 10 mil milhões de euros nas estatísticas publicadas agora pelo atual ministério das finanças e que o anterior, cujo Secretário de Estado na altura era Paulo Núncio, tinha decidido deixar de publicar.

Tem de se perceber o que se passou durante a governação anterior em relação a este dinheiro e terão de existir consequências.

As fugas de dinheiro deverão de ser duramente penalizadas, para isso terá de se procurar o erro para que este não subsista e principalmente que a oposição aprenda, enquanto andou à procura de diversões, que quem tem telhados de vidro…

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui