A evolução do Tesla Model S P100D de competição que dará corpo à Electric GT, uma nova modalidade com veículos puramente elétricos, foi apresentada no Reino Unido e mostra toda a sua capacidade técnica com uma aceleração capaz de rivalizar com os monolugares de Fórmula 1.

O Model S P100D foi profundamente revisto, beneficiando de uma descida de 500 kg no seu peso, fruto de um habitáculo mais despido e em que apenas as componentes necessárias às pistas de corrida marcam presença.

Para garantir a segurança do piloto, o habitáculo dispõe de uma jaula de segurança (roll-cage), ao passo que também os capítulos da suspensão e dos travões foram evoluídos para um nível melhorado de prestações, sobretudo para enfrentar a maior fadiga prevista daqueles componentes.

Em termos de prestações, o novo Model S P100D de competição consegue acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 2,1 segundos, mostrando assim o benefício da redução da potência. A potência deste modelo foi colocada nos 778 CV (585 kW), tirando partido do binário instantâneo de 995 Nm para prestações de elevado calibre.

Esta competição de modelos elétricos surge com um total de sete corridas na Europa, contando-se uma no Estoril entre outros locais icónicos como Nürburgring, Paul Ricard, Assen ou Barcelona. Ao todo serão dez equipas e 20 pilotos, com cada evento a ter um treino livre de 20 minutos, uma qualificação de uma hora, enquanto as corridas serão duplas, tal como sucede no WTCC, com uma prova durante o dia e outra ao anoitecer.

// motor24

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui