Timor-Leste anunciou que vai doar dois milhões de euros a Portugal para ajudar o país a combater os incêndios. Uma decisão tomada face à “situação alarmante” que se vive no território português.

O Conselho de Ministros do governo de Timor-Leste reuniu de emergência face aos incêndios que têm assolado Portugal e às dificuldades que os bombeiros nacionais têm enfrentado para combater a situação.

Da reunião, saiu a decisão de doar dois milhões de euros a Portugal “para reforço da capacidade de resposta no terreno”, frisa o governo timorense num comunicado divulgado no seu site oficial.

As autoridades de Timor frisam que “1 milhão e 250 mil euros” são destinados “a apoiar as autoridades portuguesas no combate aos incêndios”, enquanto que “750 mil euros são para socorro directo às populações afectadas”.

Uma iniciativa tomada pelo primeiro-ministro de Timor, Rui Maria de Araújo, que “considera a situação alarmante”, frisa-se na mesma nota, na qual se realça que o governo vai transferir de forma “urgente” este “apoio financeiro  às autoridades e à população de Portugal”.

Já não é a primeira vez que Timor-Leste ajuda Portugal financeiramente por causa dos incêndios.

Em 2013, a antiga colónia portuguesa doou 740 mil euros para ajudar a recuperar o país, depois dos danos provocados pelos fogos.

ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.