O Presidente dos EUA ficou visivelmente atrapalhado, na conferência de imprensa desta quinta-feira, quando um jornalista da NBC o confronta, dizendo-lhe que tinha acabado de dar informações falsas sobre a sua vitória no colégio eleitoral.

 Na conferência de imprensa desta quinta-feira, realizada na Casa Branca, Donald Trump apostou mais uma vez em focar-se nos media norte-americanos, acusando-os de fazer um trabalho desonesto e de divulgarem notícias falsas.

“Eu não estou a atacar a imprensa. Vocês sabem, só estou a dizer que vocês são pessoas desonestas”, chegou a dizer o Presidente dos Estados Unidos.

No entanto, o chefe de Estado não estava à espera do momento em que, em pleno direto, um jornalista da NBC o corrigisse numa das informações que tinha acabado de dar.

Tive 306 votos no Colégio Eleitoral. Não era suposto eu ter obtido 222. Disseram que era impossível obter 222 ou 230. Então os necessários 270, nem pensar. E obtivemos 306. Porque as pessoas saíram e foram votar como nunca tinha acontecido. Creio que foi a maior vitória no Colégio Eleitoral desde Ronald Reagan”, afirmou Trump.

Peter Alexander aproveitou então o momento para confrontar o Presidente: “Disse que obteve a maior margem eleitoral desde Ronald Reagan, com 304 ou 306 votos. Na verdade, o Presidente Obama obteve 365”.

Trump ainda tentou corrigir, dizendo que se estava a referir apenas aos republicanos, mas o repórter da NBC não perdeu tempo no contra-ataque: “George W. Bush teve 422 quando foi eleito Presidente”, declarou.

“Porque deverão os americanos confiar em si quando alega que a informação que recebem é falsa e o próprio Presidente passa informações falsas?”, questionou Alexander.

Visivelmente atrapalhado, Trump respondeu simplesmente que lhe tinham transmitido “essa informação” mas pede ao jornalista para admitir que “teve uma grande margem”.

ZAP //

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.